Look de Outono com Vestido Florido e Bota caramelo Texto: Saudades Resenha Gel Espumante para Depilação - Depil Bella Batom Matte Ricosti Wood Resenha

19/01/2015

Quando já não tem saida...

Eu queria fechar os olhos e ter certeza que se hoje eu desistir  da gente seria  sabendo que o destino será modesto em nos aproximar daqui alguns anos. Mas, isso por um pequeno  instante parece loucura. Eu não queria te ver no meu futuro, mas hoje no meu presente te vejo em cada detalhe do que faço.  Queria perder as esperanças em cada gole de tequila que tomo, em cada sorriso que me chama a atenção, mas o problema que quanto mais perto eu chego do sorriso, mais vejo seus traços nele, e assim passa o tempo e as esperanças criam novas expectativas para se tornarem mais presentes. Deveria ser fácil o esquecimento.  Deveria como ingerir algo que não lhe fez bem.  Depois de mal pode-se  fazer uma lavagem, uma desoxidação no corpo e na mente. E o que devo fazer se me faz tão mal e tão bem com a mesma intensidade? Onde é impossível distinguir em qual seguir. Se me faz bem eu estou  lá tentando, amando. E quando faz mal, choro, sofro. Oscila tanto que eu mesmo me perco.  Eu deveria te deixar de lado, te largar, mas é uma conexão tão forte que mesmo longe te sinto tão perto. E confesso que por algum momento me pego olhando o nada e rindo da minha própria cara, vendo o quanto eu cresci com essa situação e ao mesmo tempo em como pareço criança esperando isso acontecer logo. Lembro-me dos meus pais falando o quanto sou  persistente, que só desisto da guerra quando não me convém, e me pergunto quando a sua guerra vai me desinteressar, porque cada dia que passa fico mais conectada a isso tudo, a você.  Eu queria poder te tirar um pouco de mim, só pra conseguir pensar um pouco, engraçado que mesmo nessa situação você domina meus pensamentos. E já não há raciocino que aguente tanta pressão; não vejo saída, vou seguir amando, chorando e tentando, pelo menos vou seguindo. E esperando você sair do seu mundo para poder viver o nosso. Torcendo para eu não te perder ou melhor para você não me perder! Torcendo pela gente juntos!


Beijos Erika Harumi

0 escritor(es):

Postar um comentário

Seja bem-vindo ao Era outra vez, fico feliz com o seu comentário, ele é muito importante.

Volte sempre o/