Look de Outono com Vestido Florido e Bota caramelo Texto: Saudades Resenha Gel Espumante para Depilação - Depil Bella Batom Matte Ricosti Wood Resenha

27/10/2015

Só sei dançar com você


“Você me chamou pra dançar aquele dia,
mas eu nunca sei rodar,
cada vez que eu girava parecia
que a minha perna sucumbia de agonia
Em cada passo que eu dava nessa dança
ia perdendo a esperança
você sacou a minha esquizofrenia
e maneirou na conduçã
   -   Tulipa Ruiz

 Estava lá eu, quieta, a música de fundo me agitava por dentro, mas assumo que meu prazer era sentar na mesa e pedir a de sempre, tentei algumas vezes, um passo ali, passo aqui, mas essa coisa de dança não faz parte do meu eu.
 Te observei de longe me olhando, virei-me sorrindo. Sentou na minha mesa, e usou todas aquelas cantadas decoradas, avisei-te que comigo metades daquelas cantadas não colaria. Mas seu sorriso, sua segurança. Chamou-me pra dançar.
- não sei dançar – neguei-me
- também não, aprenderemos juntos. - sorriu
 Mentiroso! Sabia sim dançar e muito bem. E para minha surpresa você teve toda a paciência em me ensinar, passo por passo, nos risos e sorrisos, depois de umas 3 a 4 tentativas confesso que até que passei a gostar daquilo tudo.

“Só sei dançar com você
Isso é o que o amor faz”

 A musica tocou, cada vez que eu girava toda desajeitada você sorria e me segurava.
 Em tentativas de beijos eu me esquivava, o seu sorriso sempre me encantava. A música acabava e voltávamos a mesa, você procurava saber de mim, e eu de você. Sentia seus olhos me observando, pedi muito para o meu interior não me deixar vermelha. A nossa única diferença foi à idade e admito admiro sua maturidade, o resto até que nos combinávamos. Mesmos gostos, mesmo jeito de pensar, e para falar a verdade você foi a única pessoa da festa que me conduziu e acertei na dança. E de repente você joga todas as suas boas cantadas.
 Então a musica toca, meu sorriso assume estou pronta para outra dança. Seu sorriso corresponde.
 Não quis te falar, mas me chamar para dançar, essa foi sua melhor cantada.







 Erika Harumi

0 escritor(es):

Postar um comentário

Seja bem-vindo ao Era outra vez, fico feliz com o seu comentário, ele é muito importante.

Volte sempre o/