Look do dia: Cropped de Buldog URGENTE! - Últimas noticiais. Look de Outono com Blusa listrada Testei Loção Deo Adstringente da Beira Alta

15/12/2015

Era uma vez, um talvez

                                                                          (imagem do google)


Eu quero muito acreditar em qualquer palavra sua, mas não consigo. Meu amor por você continua grande, mas a confiança, meu bem... Isso já está tão impossível. O pior é que sabendo disso tudo eu ainda te escolho. Parece que minha mente resolve dar outra chance ao coração.

Na minha estante está guardado o orgulho, minhas magoas e seus furos. E quanto mais o tempo passa mais coleciono dores. Peguei-me diversas vezes pergunto. Aonde anda meu orgulho próprio? Porque quando estou com você eu me perco, simplesmente você me possui, suas palavras saem tão bem decoradas, suas desculpas muito bem inventadas e eu me finjo acreditar, faço isso tão bem, que até me impressiono.

Não vejo a hora de esse amor acabar, de você virar só mais uma lembrança onde pode-se ser contada em uma roda de amigos “era uma vez um talvez” eles ririam “ que de novo não deu certo”, não me doeria mais a separação, não me faltaria o ar não te ter. Pegaria uma pipoca e um refrigerante, sentaria na frente da TV e lembraria de nós dois quando visse “Romeu e Julieta”... Mas por favor, que amor lindo e clichê, não sofreria vendo filmes de romances. Eu já teria te superado. E não vejo a hora dessa fase chegar. Eu daria risada com todos os seus papinhos. E quando você me falasse algo bonito, eu daria gargalhada, ao invés de me apaixonar. 

     
Erika Harumi

4 escritor(es):

  1. Super me identifiquei com o texto pois estou passando pela mesma situação. Não vejo a hora de virar apenas uma lembrança...

    Um beijo,
    www.blogiranamaciel.com.br

    ResponderExcluir
  2. Amei o texto (': Super bem escrito e cheio de sentimentos. Arrasou Erika

    Beijoos, Ana Carolina
    www.simplesglamour.com.br
    Instagram e Twitter: @simplesglamour

    ResponderExcluir
  3. Pam que lindo.
    Isso me fez lembrar de um cara, e isso para mim foi uma surpresa enorme porque pensava que já o havia superado. E me doeu perceber que mesmo ele tendo feito merda várias vezes, pensar nele me oferece borboletas na barriga e um aperto no coração do mesmo jeito.

    Abraços de luz
    Http://WWW.cappuccinoebobagens.com

    ResponderExcluir
  4. Não sei se o amor um dia acaba. Mas eu certamente acho que ele se transforma em outra coisa. Seja qual a resposta, espero que dê certo.
    Texto sincero, adorei!
    Beijo,
    www.horinhasdedescuido.com

    ResponderExcluir

Seja bem-vindo ao Era outra vez, fico feliz com o seu comentário, ele é muito importante.

Volte sempre o/